O pastor dos pobres: Padre Reginaldo Veloso morre no Recife, aos 84 anos

20/05/22

Por Bruno Marinho e Roberto Beltrão, g1 PE e TV Globo

blogfolhadosertao.com.br

 

O padre Reginaldo Veloso morreu aos 84 anos, no Recife. A morte aconteceu na noite da quinta-feira (19), por volta das 23h. O ex-pároco do Morro da Conceição, na Zona Norte da capital pernambucana, estava em tratamento contra um câncer .O velório acontece na Escola Estadual Padre João Barbosa, que fica na Praça do Morro da Conceição. O local e o horário do enterro do padre não foram divulgados pela família até a última atualização desta reportagem.

Padre Reginaldo deixou a esposa Edileuza Osório Pereira Veloso, com quem era casado desde 1994, e o único filho do casal, João José .

Pesar

Por meio de nota, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), expressou “profundo pesar” pela morte do padre Reginaldo e afirmou se “solidarizar com seus familiares, amigos e seguidores neste momento de dor e tristeza”, além de desejar que “ele esteja em paz”.

No texto, o governador se referiu ao padre como “um humanista que dedicou sua vida às causas sociais e ao trabalho pelos mais necessitados” e falou sobre a trajetória do religioso.

“Nas décadas de 70 e 80, à frente da emblemática paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no Recife, este alagoano de alma e cidadania pernambucana, adepto da Teologia da Libertação, deixou uma marca na luta contra a repressão e em favor de uma igreja democrática e do empoderamento popular, construindo uma bonita trajetória, recentemente retratada nas telas”, disse Paulo Câmara.

O monsenhor Luciano Brito, que é vigário geral da Arquidiocese de Olinda e Recife e responde pela instituição durante uma viagem de Dom Fernando para a Itália, também se pronunciou sobre a morte do padre Reginaldo através de uma nota de pesar.

“A Arquidiocese de Olinda e Recife vem expressar as mais sinceras condolências por sua morte à sua família e amigos”, declarou Luciano, no texto. Ele também falou sobre as contribuições do padre Reginaldo para a Igreja Católica. “Reginaldo Veloso foi presbítero na Arquidiocese de Olinda e Recife, onde exerceu seu ministério sacerdotal na Paróquia Santa Maria Mãe de Deus, no bairro da Macaxeira, e na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, no Morro da Conceição. Muito contribuiu para o Setor de Música Litúrgica da CNBB [Conferência Nacional dos Bispos do Brasil] com suas composições, muitas das quais cantadas nas celebrações litúrgicas em todo o Brasil”, disse o monsenhor.

O Movimento de Trabalhadores Cristãos – NE II também divulgou uma nota de pesar.

“Externamos a dor desta breve separação e nos solidarizamos com sua esposa Edileusa, com seu filho João José e com toda a família, amigos e amigas de Reginaldo neste momento. Pedimos a consolação nos braços amorosos do paizinho, na certeza do acolhimento de nosso irmão em sua luz e junto a todos os mártires de nossa gente”, afirmou.

O padre Reginaldo foi um incentivadores das comunidades eclesiais de base, formadas por paroquianos que se organizavam para, como cristãos, atuar politicamente. O objetivo era melhorar a vida da população nos bairros mais pobres, em questões como direito à moradia e aos serviços públicos.

Por causa dessa atividade junto à comunidade, padre Reginaldo ganhou a admiração do arcebispo emérito de Olinda e Recife, dom Helder Câmara.

O padre Reginaldo foi perseguido pelo regime militar. Compositor de hinos religiosos, ele foi preso por fazer uma música em homenagem ao padre italiano Vitor Miracapilo, pároco do município de Ribeirão expulso do Brasil pelo governo militar no começo da década de 1980, acusado ser subversivo.

Em 1985, dom Helder Câmara deixou o comando da Arquidiocese de Olinda e Recife e foi substituído por dom José Cardoso Sobrinho, que era contrário à atuação das comunidades eclesiais de base.

No ano de 1989, dom José Cardoso Sobrinho destituiu o padre Reginaldo da Paróquia do Morro da Conceição e o suspendeu do exercício do sacerdócio. A alegação foi de que o padre incitava, nos fiéis, uma aversão ao arcebispo.

A comunidade do Morro da Conceição ficou solidária com o padre Reginaldo e protestou, mas a decisão não foi revogada pelo arcebispo. O padre se recusou a deixar a paróquia. A arquidiocese entrou na Justiça com um pedido de reintegração de posse para que um novo pároco pudesse assumir.

Questão de gênero: Danilo propõe paridade entre homens e mulheres no secretariado do governo

20/05/22

blogfolhadosertao.com.br

 

O pré-candidato ao Governo de Pernambuco também irá instalar Delegacias das Mulheres em todas as regiões do estado


Pré-candidato ao Governo de Pernambuco, o deputado Danilo Cabral (foto) assumiu o compromisso de garantir a paridade de gênero nos cargos de liderança de sua gestão. Em ato político, ao lado da deputada estadual Teresa Leitão, da secretária estadual das Mulheres, Ana Elisa Sobreira, de prefeitos e prefeitas e outras lideranças, em Arcoverde, ele declarou que a proposta fará parte do seu programa de governo.

 

“A cada sonho conquistado, temos que buscar novos sonhos. A gente está aqui para mudar a vida das pessoas juntando sonhos, capacidade de fazer e gente. E precisamos avançar na pauta da igualdade de gênero dentro da estrutura do Estado brasileiro. Todos os espaços de liderança do nosso governo, do secretariado até a ponta, serão compartilhados entre homens e mulheres. No mínimo, 50% dos cargos de liderança serão ocupados por mulheres”, afirmou Danilo em ato político realizado em Arcoverde, no Sertão, antes da abertura do Fórum Estadual das Mulheres.

Danilo destacou que, em Pernambuco, 175 dos 184 municípios têm organismos, como coordenadorias, voltados para políticas públicas que dialogam com as mulheres, mas secretarias são poucas. “Se queremos mostrar que a defesa dos direitos das mulheres é prioridade, é preciso termos o mesmo nível de equiparação das outras políticas públicas”, defendeu. E acrescentou: “Nós precisamos forjar políticas públicas, nós precisamos colocar sim, dentro do Estado brasileiro, a equiparação”.

O pré-candidato ao governo, ressaltou que a iniciativa mostra o compromisso da Frente Popular em valorizar a capacidade feminina de trabalho, organização, ação e liderança para a gestão pública. Ele ressalta que Pernambuco, ao longo dos anos, tem avançado nas políticas públicas para as mulheres, citando como exemplo a criação da Secretaria da Mulher e o enfrentamento da violência, o incentivo ao empreendedorismo, apoio à qualificação para o emprego, a formação de gênero no ensino formal.

“Precisamos lembrar que foi o governo da Frente Popular que criou a Secretaria da Mulher no estado e nós queremos avançar na promoção dos direitos das mulheres, nas políticas públicas de gênero. Também foi a gestão da Frente Popular no Recife, com o prefeito João Campos, que estabeleceu a paridade de gênero nos cargos de liderança”, disse.

Presente no ato, a deputada Teresa Leitão também falou sobre as ações promovidas pela Frente Popular na política de gênero. “Esse projeto não sinaliza no vazio, porque somos maioria da população, porque nossas pautas são hoje estruturantes da democracia, da inclusão social ou para agradar. Foi esse conjunto que implementou a Secretaria das Mulheres, afirmando nosso lugar político na construção do estado”, cravou.

COMBATE À VIOLÊNCIA – Danilo também assumiu o compromisso de instalar Delegacias das Mulheres em todas as regiões do estado. Ele lembrou que há quatro unidades em construção – Salgueiro, Arcoverde, Palmares e Olinda. “Mas vão ficar vazios de espaços de proteção em nosso estado e precisamos ocupá-los”, comentou. O deputado explicou que o critério para a implantação das novas delegacias, além da distribuição geográfica, levará em consideração os índices de violência contra as mulheres.

“Enfrentamos um feminicídio a cada 7h e um estupro a cada 10 minutos no Brasil. Isso mostra a perversidade da violência em relação às mulheres. Cabe a nós enquanto agente político, estruturar políticas que respondam a esse desafio”, enfatizou.

PLANO DE GOVERNO- O lançamento ontem (19) do Vamos Juntos Pernambuco, plataforma fi-gital para a construção do plano de governo, já foi uma sinalização de como a equidade de gênero é um valor importante para o pré-candidato. A coordenação para do programa de governo de Danilo será feita pela arquiteta Ana Paula Vilaça, secretária do Gabinete do Centro Recife e ex-secretária de Desenvolvimento Econômico do estado, e pelo assistente social Joelson Rodrigues, ex-secretário estadual de Desenvolvimento Social.

“Queremos dialogar com toda a sociedade para avançarmos nas conquistas de Pernambuco, mas acho importante dar essa sinalização. A igualdade de gênero não pode ser apenas um discurso, tem que estar na prática”, frisou.

Também estiveram presentes no café da manhã o deputado federal Gonzaga Patriota, a prefeita de Serra Talhada, Marcia Conrado, representando a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), o prefeito de Arcoverde, Wellington da LW, a secretária estadual das Mulheres, Ana Elisa Sobreira, a secretária Nacional das Mulheres do PSB, Dora Pires, além de vereadores e lideranças políticas.

Foto: Marcus Mendes

Em Petrolina:  Lucas Ramos comemora lançamento do edital para construção do Compaz Irmã Dourado

20/05/22

blogfolhadosertao.com.br

 

O novo Compaz nascerá da requalificação do Centro da Juventude. Criado em 1972, o espaço passou a se chamar Centro de Esportes e Lazer

O Governo de Pernambuco publicou,  hoje (20), o edital para construção do Centro Comunitário da Paz de Petrolina, o Compaz Irmã Dourado. Serão investidos R$ 11,8 milhões pelo Gabinete de Projetos para contratar a empresa de engenharia que será responsável por transformar o antigo Centro da Juventude, no bairro de Areia Branca, em Petrolina, no equipamento. O projeto foi pensado, defendido e viabilizado pelo pré-candidato a deputado federal Lucas Ramos (foto), desde o seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco.“Felizes em termos contribuído diretamente para o avanço dessa política pública no interior de Pernambuco, especialmente em Petrolina. O Compaz Irmã Dourado é muito mais que uma obra de infraestrutura. Vamos entregar para Petrolina e para o Sertão do São Francisco uma política de Estado premiada internacionalmente por sua capacidade de transformação social. Uma verdadeira fábrica de Cidadania, que congrega serviços públicos para as comunidades, projetos educacionais, difusão de iniciativas artísticas e culturais, apoio à prática de esportes e que, principalmente, promove a cultura de paz”, celebrou Lucas Ramos.O Compaz Irmã Dourado nasceu da Indicação nº 8046/2017, feita ainda no primeiro mandato de Lucas Ramos como deputado estadual. Em seguida, foram destinados R$ 80 mil em recursos, por meio de emenda parlamentar de sua autoria, para realização dos estudos técnicos e do projeto executivo de requalificação do Centro da Juventude. Em seguida, o ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação trabalhou na articulação para garantir o orçamento e autorizar a licitação.Lucas Ramos também é o autor da Lei que denomina o espaço de Compaz Irmã Durando, em homenagem ao trabalho incansável da religiosa em prol dos petrolinenses menos favorecidos, especialmente crianças em situação de vulnerabilidade social.O novo Compaz nascerá da requalificação do Centro da Juventude. Criado em 1972, o espaço passou a se chamar Centro de Esportes e Lazer e, por sua localização estratégica, é capaz de atender 15 bairros petrolinenses. “O objetivo é remodelar o espaço, equipá-lo com o que há de mais moderno e capacitar os profissionais que vão atender crianças, jovens, adultos e idosos. No Recife, as quatro unidades do Compaz mostraram sua eficiência no combate à criminalidade, ao promover a não violência e os direitos humanos. Essa experiência agora ganha o interior do Estado, começando por Petrolina”, complementa Lucas Ramos.

Michelle Bolsonaro faz viagem internacional com amigo maquiador e Damares Alves

20/05/22

Do UOL, em São Paulo

 

blogfolhadosertao.com.br

Michelle volta de Israel após viagem com Damares e amigo maquiador
A primeira-dama Michelle Bolsonaro com Damares Alves (Republicanos) e o seu maquiador e amigo Agustin Fernandez, em Israel - Reprodução/Instagram
A primeira-dama Michelle Bolsonaro com Damares Alves (Republicanos) e o seu maquiador e amigo Agustin Fernandez, em IsraelImagem: Reprodução/Instagram

A primeira-dama Michelle Bolsonaro voltou da viagem que fez a Israel acompanhada de Damares Alves (Republicanos), ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, e pré-candidata ao Senado pelo Distrito Federal. Em imagens divulgadas nas redes sociais, o maquiador da primeira-dama, Agustin Fernandez, também encontrou a esposa do presidente Jair Bolsonaro (PL) e publicou imagens e vídeos com a amiga durante a passagem dela pelo país.

Ontem, Agustin compartilhou imagens ao lado de Michelle e Damares, e publicou alguns vídeos da primeira-dama e da pré-candidata. “A gente está parecendo o Beiçola com esse cabelo”, disse a primeira-dama em uma das gravações com os cabelos aos ventos ao lado do maquiador. A fala foi uma referência ao personagem da “Grande Família”, da TV Globo.

Em outro take, ambos aparecem dividindo o peso de uma sacola e o maquiador brincou no vídeo: “Minha amiga e eu com 18 anos se mudando do interior, de ônibus, para morar na capital com duas mudas de roupas, com Deus e vários livramentos. @MichelleBolsonaro”.

Na legenda da publicação, Agustin também elogiou as amigas. “É muito bom estar com gente que amamos e que nos ama, seja onde for. Sempre assim, um tentando tirar um sorriso do outro o tempo todo para tornar o dia melhor e mais leve. Muita gratidão a Deus pelos meus amigos”, escreveu.

Confira as imagens e vídeos publicados pelo maquiador:

Segundo a Veja, a primeira-dama e a pré-candidata foram para a viagem acompanhadas por pastores e seguidores evangélicos — segmento importante do eleitorado de Bolsonaro. A visita teve caráter pessoal, portanto, sem a previsão de encontros com autoridades israelenses em agenda oficial — elas ficaram no país por ao menos seis dias.

Damares compartilha momentos da viagem

Damares também compartilhou vídeos da viagem. Na última sexta-feira (13), ela postou uma filmagem e escreveu no Twitter: “Shalom! Estou em Israel acompanhada de irmãos queridos. Aqui estamos para orar pelo Brasil e pelas famílias brasileiras! Andar pelos lugares onde Jesus andou é uma emoção que explode em lágrimas!”

Em 15 de maio, a ex-ministra publicou um vídeo ao lado da amiga, direto de Israel, para comemorar o “Dia Internacional das Famílias”.

Três dias depois, na segunda-feira (16), Damares compartilhou um vídeo da primeira-dama cantando o hino nacional em um barco com a bandeira do Brasil hasteada, no Mar da Galileia.

“EMOCIONANTE!! A Primeira-Dama Michele Bolsonaro, dentro de um barco no meio do Mar da Galileia (onde Jesus andou sobre as águas), hasteia a bandeira do Brasil. O BRASIL AMA ISRAEL”, comentou a ex-ministra bolsonarista.

Em março, Michelle também comemorou o aniversário de 40 anos ao lado da então ministra dos Direitos Humanos.

Campanha de Bolsonaro faz aposta em Michelle

A primeira-dama Michelle Bolsonaro vai assumir uma participação mais ativa na campanha do presidente à reeleição, segundo apurou o UOL, em abril. Ela deverá cumprir agenda própria de viagens pelo país, fazer dobradinhas com a ex-ministra Damares Alves e abraçar uma pauta específica para tentar cativar o eleitorado feminino: o empreendedorismo.

Ancorada nesses três pontos, a estratégia visa sobretudo combater a alta rejeição de Bolsonaro entre as mulheres, apontada em pesquisas de intenção de voto. Entre aliados do presidente, a colaboração da primeira-dama é vista como valiosa na tentativa de humanizar a imagem de Bolsonaro e de se conectar não só com o eleitorado evangélico mas com mulheres de classes mais baixas, sobretudo do Norte e do Nordeste.

Michelle frequenta a Igreja Batista Atitude e tem interlocução próxima com pastores e autoridades também evangélicas, como ministros, ex-ministros e parlamentares. Ela também conduz o programa “Pátria Voluntária”, com foco em ações de filantropia.

A primeira-dama vem sendo testada no palanque do marido desde março, quando participou do evento de lançamento da pré-candidatura à reeleição, em Brasília. Posteriormente, acompanhou Bolsonaro em viagens pelo país e, em Bagé, no Rio Grande do Sul, chegou a discursar para apoiadores repetindo o slogan da campanha vitoriosa em 2018: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

Michelle tem sido apontada por interlocutores bolsonaristas como um “ativo eleitoral” com potencial para ajudar o presidente a atingir eleitores que hoje rejeitam a ideia de votar nele.

A ideia de sugerir uma agenda própria da primeira-dama começou com parlamentares da bancada evangélica e, apesar da resistência inicial de Bolsonaro, ele acabou sendo convencido. Ainda não há, no entanto, um roteiro oficialmente definido. Articulares da pré-campanha entendem que os destinos preferenciais são municípios das regiões Norte e Nordeste, onde há “espaço para crescimento”.

*Com Hanrrikson de Andrade, do UOL, em Brasília

Raquel defende que Governo de Pernambuco deve priorizar a cultura o ano inteiro

20/05/22

blogfolhadosertao.com.br

 

 

 

Os passos de frevo do grupo Amaro Branco deram as boas-vindas à pré-candidata ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra (foto), no primeiro evento do movimento Pernambuco pra Cima, realizado na noite desta quinta (19), em Olinda. O encontro, que lotou o Espaço Dayse Nogueira Recepções, reuniu apoiadores e lideranças de Recife, Olinda, Paulista, Camaragibe, Abreu e Lima e Itapissuma.

 

 

“Uma cidade como Olinda, que respira cultura, assim como Caruaru, precisa ter palco, porque os artistas a gente já tem. Precisa garantir a movimentação para os pequenos comerciantes e transformar espaços”, destacou Raquel. “O Governo do Estado precisa ter cultura como prioridade o ano inteiro. Nós temos compromisso com a transformação e com o resgate daquilo que faz parte da nossa identidade como cidadãos pernambucanos, como é a cidade de Olinda”, acrescentou.

O vereador de Olinda e pré-candidato a deputado estadual, Jesuíno Araújo, disse que a cidade não tem o apoio do Governo do Estado. “A gente precisa de desenvolvimento para Pernambuco, mas o atual governo dá as costas para a nossa cidade. A obra do Canal do Fragoso é um sofrimento que passamos há anos, o retrato do desrespeito com nossa gente”, reforçou.

Para a artesã e artista plástica, Cristiane Valentim, falta incentivo à cultura. “Olinda é um berço histórico da cultura e nós precisamos desse olhar atento dos governantes. Precisamos de apoio para a arte”, criticou.

O deputado federal Daniel Coelho destacou que “Pernambuco merece uma governadora que transforme sonhos em projetos”. Por isso Raquel Lyra veio ouvir a população, que vai poder contribuir com seu Plano de Governo.”

O ex-deputado e pré-candidato a deputado, ALF, salientou o sentimento de abandono na cidade. “Olinda nos dá muito orgulho, mas nós merecemos uma cidade melhor. E o que a gente quer é a dedicação de alguém que tem compromisso como Raquel Lyra”, disse. Já a pré-candidata a deputada estadual, Patrícia Domingos, acrescentou que “Pernambuco merece voltar a ser protagonista no nosso país”.

O empresário e pré-candidato a deputado estadual, Celso Muniz, afirmou que o emprego é uma das principais demandas de Olinda. “Só o emprego devolve a dignidade das pessoas e é na política e no diálogo que vamos encontrar um novo caminho para Olinda, para Pernambuco”, complementou.

Também participaram do encontro os vereadores de Olinda, Denise Almeida, Tostão de Olinda, Irmão Biá e Flávio Nascimento; os pré-candidatos a deputado federal, Francisco Rodrigues, Flávio Nóbrega, Rodolfo Albuquerque e Bruno França; os pré-candidatos a deputado estadual, Coronel Basílio, Francisco Lion, Anne Ebraim e Dinda do Movimento Sou + Cultura; o ex-vereador de Olinda, Professor Marcelo; o presidente da CDL Olinda, Andrade, e o vice Marcelo Galvão; os vereadores Toninho (Camaragibe), André Correia (Camaragibe), Senna (Abreu e Lima), Zé Elias (Itamaracá), Manoel do Gás (Itamaracá), Itamar das Montanhas (Paulista); os ex-prefeitos Clovis Cavalcanti (Itapissuma), Pedro Henrique (Itapissuma) e Palo Galvão (Itamaracá), entre outras lideranças.

SÍTIO HISTÓRICO – A agenda na cidade-patrimônio teve início com uma visita à Casa dos Bonecos Gigantes, no Alto da Sé, sítio histórico de Olinda, onde Raquel foi recebida pelo vice-presidente Silvio Botelho. “Receber Raquel foi uma honra muito grande. Olinda é o berço, a pátria dos bonecos gigantes. Temos que resgatar os talentos que estão nas escolas, nas salas de aula, para potencializar a nossa cultura, que deve andar agregada ao turismo”, ressaltou o vice-presidente.

 

Fotos: Tiago Calazans

 Náutico arranca empate com Guarani pela Série B

20/05/22

,Por Davi Saboya

blogfolhadosertao.com.br

O duelo entre Náutico x Guarani pela Série B aconteceu nos Aflitos

CHARLES JOHNSON/JC IMAGEM
O atacante Amarildo foi o autor do gol de empate do Náutico diante do Guarani pela Série B – FOTO: CHARLES JOHNSON/JC IMAGEM
Não era a “volta” para a Série B do Campeonato Brasileiro que desejava o Náutico. Mas valeu a entrega do time vermelho e branco, principalmente no segundo tempo. Após conquistar o bicampeonato estadual, no sábado, o Timbu empatou por 1×1 com o Guarani, nesta terça-feira (3), nos Aflitos, em jogo válido pela quinta rodada. Nas arquibancadas, 4.294 torcedores estiveram presentes.

Com o resultado, o Náutico perdeu a oportunidade de entrar no G-4 da Série B. Assim, ficou na sétima colocação com sete pontos, um a menos que a Chapecoense, quarta colocada.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS

O Náutico não jogou bem no primeiro tempo. O técnico Roberto Fernandes montou o Timbu com apenas Rhaldney na cabeça de área e Eduardo Teixeira e Jean Carlos mais na frente. Porém, a formação não deu certo.

CHARLES JOHNSON/JC IMAGEMRhaldney, volante do Náutico – CHARLES JOHNSON/JC IMAGEM

No segundo tempo, Ralph entrou na vaga de Eduardo Teixeira e o Náutico ficou mais equilíbrio. A evolução foi tão nítida que o Timbu pressionou o Guarani durante toda a etapa final. Teve até três bolas na trave.

O goleiro Kozlinski estava vivendo uma noite iluminada e salvou o Guarani de sofrer uma virada para o Náutico. Porém, no último lance, deixou escapar a vitória. Aos 49, ele não conseguiu afastar o cruzamento e Amarildo apareceu de cabeça para arrancar o empate.

CHARLES JOHNSON/JC IMAGEMO Guarani abriu o placar sobre o Náutico ainda no primeiro tempo do jogo pela Série B – CHARLES JOHNSON/JC IMAGEM

O próximo jogo do Náutico acontece já nesta sexta-feira. O time alvirrubro enfrenta o Vila Nova, às 19h, no Oba, em Goiás.

Mais:

Prefeito de Goiana abandona palanque de Miguel Coelho e migra para Frente Popular

20/05/22

blogfolhadosertao.com.br

 

Mais um prefeito do partido de Miguel Coelho, o União Brasil, aderiu à pré-campanha de Danilo Cabral a governador. Eduardo Honorário, gestor de Goiana (foto) , na Região Metropolitana do Recife, declarou apoio ao pré-candidato da Frente Popular nesta quinta-feira (19). No último sábado, outro prefeito metropolitano do partido, Flávio Gadêlha, de Abreu e Lima, já havia anunciado voto em Danilo.

Eduardo Honorário, assim como Flávio Gadêlha, é muito ligado ao presidente nacional do União Brasil, o deputado federal pernambucano Luciano Bivar. “Com certeza, não tenha dúvida! Vou votar em Danilo e vou pedir muito voto para ele”, destacou o prefeito de Goiana, ressaltando que Danilo fez muito pela cidade quando secretário de Educação de Eduardo Campos.
Foto: Marcus Mendes

Atualização da resolução de licenciamento ambiental é debatida em reunião do Consema

20/05/22

Imprensa Semas PE 
blogfolhadosertao.com.br

Nesta quinta-feira (19/05), representantes de entidades governamentais e da sociedade civil organizada de Pernambuco estiveram reunidos, durante toda a manhã e início da tarde, na 108ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema), cuja pauta principal foi a apresentação da proposta de atualização da Resolução de Licenciamento Ambiental Municipal – Resolução Consema/PE n° 01/2018 pela Câmara Técnica de Assuntos Normativos (CTAN). A proposta teve como objetivo promover melhorias no texto que trata das tipologias de impacto local para o licenciamento ambiental feito pelos municípios, uma possibilidade prevista na resolução construída em 2018 de a cada dois anos haver uma revisão e verificação de necessidade de adequação ou mudança. A reunião aconteceu de forma online pela plataforma Zoom e foi transmitida pelo canal do YouTube da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco.

Na abertura do encontro, a secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco e presidente do Consema, Inamara Mélo, e os membros do Consema prestaram uma homenagem ao conselheiro João Pessoa de Souza, o João Boiadeiro, que faleceu esta semana, sendo dedicado a ele 1 minuto de silêncio e mensagens de condolências. Na sequência, Inamara deu início à reunião agradecendo todo o apoio dos conselheiros nos últimos dias diante dos ataques de fake news que, tanto ela como o Consema e a OAB, vêm recebendo em distorção à pauta principal da reunião e à condução democrática na política pública ambiental no estado e com o agravante de machismo estrutural. Ianamara recebeu diversas falas de apoio e reconhecimento pela seriedade do seu trabalho e de repúdio ao machismo no Estado por parte de todas as mulheres membros do conselho e da maioria dos homens presentes.

Lembrou que o Consema é o maior conselho ambiental do país e enfatizou a importância da democracia, da participação social nas políticas ambientais no estado e da prática do diálogo que marca a gestão da Semas PE, sendo também este o fio condutor do Consema que vem trabalhando numa construção coletiva de debates, busca por saídas consensuais e mediação de conflitos. Enfatizou também as ações e estratégias do Governo do Estado e da Semas, com participação social, em prol da política de conservação de Meio Ambiente em consonância com a Agenda 2030 da ONU e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, na qual Pernambuco se comprometeu a neutralizar a emissão de carbono até 2050 no estado, com 12 medidas estratégicas que envolvem os eixos de Energia & Indústria, Transporte, Resíduos e AFOLU (agricultura, floresta e mudança do uso do solo).

A pauta da proposta de atualização da Resolução de Licenciamento Ambiental Municipal – Resolução Consema/PE n° 01/2018 foi iniciada após as falas dos conselheiros e a posse dos novos membros. Inamara lembrou que essa atualização vem sendo trabalhada há 1 ano e 3 meses, com amplos debates, em pelo menos 16 reuniões. A proposta de aperfeiçoamento da resolução foi construída de forma coletiva e consensual com um grupo de trabalho para que o instrumento de delegação de competência para fiscalização e licenciamento pelos municípios fosse incentivado, assim como os critérios técnicos mínimos que garantem a boa tutela de conservação do meio ambiente, além da participação das autoridades ambientais municipais que equiparam tecnicamente suas cidades para essa importante tarefa.

A advogada Virgínia de Carvalho Leal, coordenadora Jurídica da CPRH, membro e relatora da Câmara Técnica de Assuntos Normativos (CTAN), apresentou a proposta de atualização que manteve praticamente a mesma estrutura, não trouxe grandes mudanças na matéria. No texto principal da resolução houve acréscimos de dois parágrafos direcionados à especificação de impacto local e regional relacionados a obras em região costeira e à supressão de biomas de Mata Atlântica. E no anexo, também foram acrescidas especificações relacionadas a estes temas.

Após a apresentação, a Procuradoria Geral do Estado deu o parecer sobre a supressão de vegetação nativa em imóveis rurais, a lei da mata atlântica e suas disposições, as competências estaduais e municipais em impacto local. Em seguida os conselheiros expressaram as suas opiniões sobre a atualização da resolução.  Foi constatado que as pautas relativas à supressão de vegetação de Caatinga e de obras em regiões costeiras necessitavam de um aprofundamento de debate e um entendimento maior.

Eduardo Elvino, do CPRH, apresentou também uma proposta de delegação de competências para licenciamento de municípios que estiverem estruturados e aptos para licenciarem, baseada na resolução de licenciamento municipal que vem sendo praticada no estado do Rio Grande do Sul, com adaptações para a realidade de Pernambuco, uma forma de facilitar o consenso dos municípios pernambucanos com a portaria de resolução apresentada. Ao final da reunião, ficou decidido então que os conselheiros tivessem mais um tempo para ler os documentos com as atualizações da Resolução 01/2018 (texto principal e anexos) e também a proposta da delegação apresentada pela CPRH e Semas. O tema voltará a ser debatido na próxima reunião e a sua deliberação passará por votação.

Saúde apresenta balanço sobre a covid-19 no estado, com o registro de 115 casos

20/05/22

Saúde PE
blogfolhadosertao.com.br
 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (19/05), 115 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, seis (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 109 (95%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 931.769 casos confirmados da doença, sendo 58.586 graves e 873.183 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Também estão sendo contabilizados cinco óbitos antigos (4 masculinos e 1 feminino), que foram recuperados pelas unidades de saúde e/ou secretarias municipais, ocorridos nos dias 17/02/2022 e 12/03/2022. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Gravatá (1), Jupi (1), Paudalho (1), Petrolina (1) e Santa Maria do Cambucá (1). Com isso, o Estado totaliza 21.678 mortes pela Covid-19.

As pacientes tinham 56 e 83 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (1), 60 a 69 (1), 70 a 79 (2) e 80 anos e mais (1). Do total, dois pacientes apresentavam doenças preexistentes: doença cardiovascular (2), diabetes (2), obesidade (1) e tabagismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

BALANÇO DA VACINAÇÃO – Pernambuco já aplicou 19.490.132 doses de vacinas contra a Covid- 19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado (no dia 18 de janeiro de 2021).

Com relação às primeiras doses, foram 8.232.713 aplicações (cobertura de 92,76%). Do total, 7.319.585 pernambucanos (82,48%) já completaram seus esquemas vacinais, sendo 7.144.302 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 175.283 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação às primeiras doses de reforços (terceira dose), já foram aplicadas 3.608.499 (cobertura de 54,63%). Também já foram aplicadas 304.516 segundas doses de reforço (cobertura de 43,3%).

Outras informações detalhadas sobre a população vacinada contra a Covid-19 estão disponíveis no Painel de Acompanhamento Vacinal, que pode ser acessado pelo https://bit.ly/3xteooh. No ambiente on-line, há as coberturas por grupo e por municípios, doses aplicadas x distribuídas por cidade, perfil dos vacinados (sexo, raça/cor). Há, ainda, as bases de dados para download.

Alepe defende necessidade de psicólogos e assistentes sociais nas escolas públicas

20/05/22

Ascom Alepe

blogfolhadosertao.com.br

 

As redes públicas de educação básica devem contar com serviços de psicologia e de assistência social para atender às necessidades das escolas, por meio de equipes multiprofissionais. É o que prevê uma lei federal publicada em dezembro de 2019, mas que, na prática, ainda não é implementada em todos os estados e municípios brasileiros. O assunto foi tema de audiência pública realizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco, nesta quinta.

No encontro, os participantes defenderam a necessidade imediata de aplicação da norma, especialmente no contexto de pandemia, que agravou ainda mais as questões sociais e de saúde mental nas instituições de ensino. É o que defende a representante do movimento Mobiliza PE, Zenilda Lima. “Foi preciso a pandemia para expor todas as mazelas que vínhamos observando nas escolas e a necessidade desses profissionais. Infelizmente, a gente passa, passou mais de 20 anos para conseguir, conseguiu a lei e, a gente agora está penando para conseguir a implementação da lei.”

Os convidados da audiência pública foram unânimes em afirmar que, independentemente do coronavírus, as escolas públicas necessitam da presença dos profissionais, pela própria complexidade do ambiente escolar. O presidente do Conselho Regional de Serviço Social, André França, argumentou nesse sentido. “As expressões da questão social elas atravessam o cotidiano escolar, tais como a pobreza, a violência intrafamiliar, o uso abusivo de álcool e outras drogas, a LGBTfobia, o racismo, a misoginia e, portanto, a atuação de assistentes sociais no enfrentamento certamente possibilitarão relações pautadas em princípios humanizadores que promovam a emancipação dos sujeitos.”

Na mesma linha, a também integrante do Mobiliza PE, Cristiane Damasceno, afirmou que, atualmente, o acolhimento se dá de forma improvisada na maioria das escolas, o que não garante a assistência de qualidade. “Situações em que o aluno ele consegue ser acolhido – não desmerecendo, porque também faz parte desse contexto escolar – pela merendeira ou pelo porteiro numa situação de ansiedade ou qualquer um outro contexto escolar. Mas, se ele tem um profissional que consegue perceber a realidade desse aluno e consegue interagir junto com os educadores e professores, o contexto que esse aluno está envolvido, a gente consegue minimizar muitas situações, se não erradicar.”

A garantia do cumprimento da lei é a prioridade entre os participantes da audiência pública. Representando o Conselho Regional de Psicologia de Pernambuco, Verônica Carrazzone afirmou que está na hora de posicionamentos firmes para que os gestores públicos façam valer o que está no papel. “Aí eu questiono, às vezes uma lei de 20 anos, que ninguém acha que é errado, todo mundo concorda, mas ela não anda. Então, eu digo, o que, de fato, a gente está falando e fazendo quando a gente se omite, a gente deixa e vai postergando. Essa inclusão é direito, é lei.”

O assessor da Amupe, Associação Municipalista de Pernambuco, Laercio Queiroz, afirmou que as prefeituras apoiam a iniciativa, mas precisam de formas para garantir o custeio das novas despesas. “Até porque é isso que vai fazer com que, quanto mais remuneração for paga lá aos funcionários da prefeitura, melhor, vai gerar economia do município. Na realidade, o que precisa se fazer é se dá a responsabilidade, também ter as condições para que essas responsabilidades sejam cumpridas.”

O professor da Universidade Federal de Pernambuco, Paulo Rubem Santiago, argumentou que os recursos do Fundeb, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, podem e devem ser usados para a contratação dos profissionais. “Porque a partir da lei, o psicólogo em si, a psicóloga em si, o assistente e a assistente social, passam a integrar as equipes de educação – eles não são formados em pedagogia ou licenciatura – mas a sua incorporação pelas redes públicas estaduais e municipais de educação significa que, a partir da lei, psicólogos e psicólogas, assistentes sociais integram as equipes multiprofissionais de educação.”

Em nome do Ministério Público do Estado de Pernambuco, o promotor Sérgio Gadelha Souto prometeu total apoio ao pleito e disse que a entidade já articula a contratação dos profissionais pela prefeitura de Olinda, na Região Metropolitana. Os deputados que estiveram presentes, Isaltino Nascimento, do PSB, Simone Santana, também do PSB; Dulci Amorim, do PT; e Roberta Arraes, do PP; também se colocaram à disposição para ajudar no cumprimento da norma. O debate completo está disponível no canal da TV Alepe no Youtube.