Vereador Gabriel Monteiro tem mandato cassado pela Câmara do Rio de Janeiro

19/08/22
Por Agência   O Globo
blogfolhadosertao.com.br
Decisão que o político e youtuber e terceiro mais votado do Rio em 2020 foi tomada nesta quinta-feira (18). Apenas Monteiro e Chagas Bola (União Brasil) votaram contra a cassação
Gabriel Monteiro
Por 48 votos a dois — e uma ausência, Gabriel Monteiro teve o mandato de vereador do Rio de Janeiro cassado. A decisão sobre o futuro do ex-PM e youtuber foi tomada nesta quinta-feira (18) na Câmara dos Vereadores do Rio. Terceiro parlamentar mais votado nas últimas eleições, ele acumulou polêmica ao longo dos anos, como produções forjadas de vídeos envolvendo pessoas que não sabiam que estavam sendo filmadas e denúncias de assédio e de estupro.Dos 51 vereadores, apenas o próprio Gabriel Monteiro e Chagas Bola (União Brasil) votaram contra a cassação. Carlos Bolsonaro (PL) se licenciou do mandato em 2 de agosto para cuidar das mídias sociais do pai, o presidente Jair Bolsonaro (PL), que é candidato à reeleição.

A fama de Gabriel nas redes sociais o catapultou da Polícia Militar, onde tinha uma ficha marcada pela indisciplina, para a política. Ex-integrante do grupo de direita Movimento Brasil Livre (MBL), com o qual rompeu por causa das ações polêmicas como youtuber, foi o terceiro vereador mais votado do Rio em 2020 pelo PSD, com 60.326 votos, ficando atrás apenas de Carlos Bolsonaro (Republicanos), com 71 mil votos, e Tarcísio Motta (PSOL), com 86.243.

Como estava na PM há menos de dez anos, Gabriel Monteiro teve de pedir demissão da corporação para assumir o cargo. Em menos de quatro anos na corporação, ele cometeu 16 transgressões disciplinares. Por 14 delas, o soldado recebeu, no total, penalidades que somam 33 dias de detenção. Em outros dois casos, foi punido com repreensão. Por causa das transgressões, ele foi classificado como um PM com “mau comportamento”, a pior das cinco classificações do estatuto da corporação. Ele chegou a ser demitido da corporação, mas conseguiu a reintegração na Justiça.

O soldado chegou a ser punido duas vezes por fatos ocorridos no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), quando ainda era aluno da PM e estava longe de ser famoso na internet. Em sua primeira punição, em agosto de 2016, foi acusado de ter descumprido a ordem de um oficial e cumpriu dois dias de detenção. Ainda segundo sua ficha disciplinar, em outras duas ocasiões — em março de 2018 e em janeiro de 2019 —, quando já era soldado, o youtuber foi flagrado portando a arma da PM sem que estivesse de serviço e sem autorização.

Ele também foi punido oito vezes por ter faltado ao serviço. Na metade dos casos, tinha sido escalado para integrar cercos à favela da Rocinha.

Uma das confusões em que se envolveu ocorreu em 2019, quando ainda era PM. Ele invadiu e foi expulso justamente da Câmara de Vereadores do Rio porque queria protestar contra um evento organizado por Tarcísio Motta (PSOL) em homenagem à China.

Em março de 2020, Monteiro publicou um vídeo em que abordava o coronel Íbis Souza e fazia questionamentos a respeito da participação dele em um evento dentro do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Na produção, ele insinuava que o oficial teria envolvimento com traficantes da Maré. Íbis esteve na comunidade para dar uma palestra. Devido ao episódio, o político foi condenado a indenizar o coronel em 40 salários mínimos por danos morais.

Sob o pretexto da prerrogativa de fiscalizar as condições de funcionamento de instalações públicas, Monteiro passou a entrar em hospitais, abrigos entre outros cercado por assessores com celulares, produzindo imagens para seus vídeos monetizados nas redes sociais. Bateu boca com médicos, enfermeiros e outro técnicos. Em um dos casos, foi condenado a indenizar em R$ 20 mil um médico, por acusá-lo, nas redes sociais, de ter deixado o plantão da UPA de Magalhães Bastos para fazer sexo com uma enfermeira nos alojamentos. O médico estava no horário de descanso.

Monteiro também invadiu um abrigo para crianças e adolescentes durante a noite. A vereadora Laura Carneiro, então secretária de Desenvolvimento Social — e que não queria liberar a entrada do youtuber no período noturno — foi seguida quase um mês por um dos assessores do vereador, que queria flagrá-la em alguma situação desconfortável. No Conselho de Ética, um dos ex-integrantes da equipe revelou que Monteiro mantinha uma estrutura apenas para tentar acumular provas contra inimigos políticos. E tinha, entre as ambições, preparar um vídeo no qual algum colega da Câmara fosse flagrado em uma situação que indicasse que estaria recebendo propina.

Por causa de Gabriel Monteiro, o prefeito Eduardo Paes chegou a baixar regras restringindo o acesso de vereadores a repartições. Mas recuou por pressão de outros vereadores, inclusive da base aliada, já que uma das prerrogativas constitucionais do Legislativo é fiscalizar o Executivo. Monteiro monetizava esses videos em órgãos públicos. Ex-assessores estimaram que ele faturaria pelo menos R$ 300 mil por mês com as produções. Ao Conselho de Ética, ele estimou que seria apenas a metade disso.

No início do ano, o vereador se envolveu em mais uma confusão ao acusar um empresário de tentar suborná-lo para não fiscalizar as instalações da empresa que prestava serviços de reboque e de depósito de veículos para a prefeitura. Logo depois, uma reportagem do “Fantástico” exibiu reportagem com depoimentos de ex-funcionários que o acusaram de manipulação de vídeos, inclusive com menores de idade, e de mulheres que acusaram o vereador de estupro e abuso sexual.

Dias depois, começaram a circular vídeos nas redes sociais em que Gabriel aparece fazendo sexo com diversas mulheres. Um deles com uma adolescente de 15 anos que frequentou a casa de Gabriel por dez meses e era recebida ao som da trilha do infantil ”A Galinha Pintadinha”. Gabriel afirma que acreditava que a garota tinha 18 anos, mas o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) define como crime filmar relações sexuais com menores.

Em meio às investigações do Conselho de Ética, a Câmara do Rio aprovou uma resolução que afetou os rendimentos extras de Monteiro. Ele não pode mais monetizar vídeos que estejam relacionados com sua atividade de parlamentar nem usar a estrutura da Câmara do Rio para isso.

As acusações que pesam contra Gabriel Gabriel incluem o fato de expor menores em situações sensíveis e as identificando nas redes sociais. A mesma tese se aplica a um outro vídeo em que Gabriel orienta uma criança de doze anos sobre como proceder para a família receber doações em dinheiro.

Além disso, pesa contra o vereador a denúncia de agressões contra um morador de rua por parte de um segurança durante a produção de um vídeo na Lapa.

Atualmente, Gabriel está no PL. Mesmo após perder o mandato, poderá concorrer a deputado federal por conta das atuais regras da legislação eleitoral. Este ano, ele lançou na política a irmã, Daniela Monteiro, que tentará uma cadeira na Alerj.

Simone Tebet defende o fim da reeleição e do orçamento secreto

19/08/22

Por Agência Brasil

b.logfolhadosertao.com.br

Candidata do MDB falou a uma plateia de advogados

REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Simone Tebet participa do encontro na Hora do Voto da OAB SP – FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

A candidata do MDB à Presidência da República, Simone Tebet, participou nesta quinta-feira (19) do programa Hora do Voto, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo. Para uma plateia de advogados, ela defendeu o Estado Democrático de Direito que avaliou estar atualmente sob constante ameaça.

Ao responder a perguntas de advogados, disse que apesar de ter sido reeleita quando foi prefeita, hoje, vê a reeleição como “o maior problema no Brasil”, já que propicia “negociatas e escândalos de corrupção”. Neste sentido, garantiu que se eleita vai propor o fim dessa possibilidade.

Tebet também criticou o chamado orçamento secreto e prometeu dar transparência absoluta às contas públicas. “Se eu for eleita presidente, com uma caneta como esta, eu dou transparência ao orçamento secreto. Eu baixo um ato normativo exigindo que todos os ministros de estado deem transparência absoluta nas contas públicas do orçamento. No primeiro dia, ele vai dizer quem é o parlamentar que mandou recurso, para onde mandou esse recurso, para ver se lá na ponta, esse dinheiro chegou”, ressaltou Tebet.

A candidata foi cobrada a respeito do que pensa sobre a pena disciplinar para juízes que abusam da autoridade e que violam prerrogativas dos advogados. Segundo a OAB, atualmente não há nenhum tipo de controle para este abuso. “Estarei sancionando qualquer medida, qualquer lei aprovada pelo Congresso Nacional que de alguma forma restrinja excessos de integrantes de qualquer autoridade, de qualquer Poder no Brasil, seja Executivo, Legislativo ou Judiciário.

A presidenciável emedebista defendeu ainda um fortalecimento do Ministério de Relações Exteriores. O objetivo é vender para o exterior uma imagem positiva do Brasil. Nesse sentido adiantou que, se eleita, vai escolher para chefiar a pasta um diplomata de carreira. Tebet também falou da importância de um governo inclusivo e garantiu que sua equipe ministerial terá 50% de homens e 50% de mulheres, também com representantes negros.

“Ainda em relação a esse governo inclusivo, nós teremos uma política nacional de equidade, ética, étnico-racial. Nós vamos estar combatendo todos os dias o racismo estrutural e o racismo institucional no Brasil”, destacou.

Sport perde para o Tombense e estaciona na tabela da Série B

19/08/22
Por Yuri Teixeira
blogfolhadoseertao.com.br
Após boa apresentação contra o CSA, Leão voltou a ter uma atuação discreta na competição nacional
Kayke em ação contra o Tombense

Nove jogos e contando. Esta é a quantidade de partidas consecutivas que o Sport acumula sem vitória longe do Recife nesta Série B. O último e único triunfo como visitante foi em 13 de maio, contra a Chapecoense. Curiosamente, próxima adversária do clube na Segundona, terça-feira, na Ilha do Retiro. O revés da vez, em encontro válido pela 25ª rodada foi para o Tombense, no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé. Com direito a gol de placa do time mineiro, o Leão foi derrotado pelo placar de 1×0, estacionou nos 34 pontos e perdeu a oportunidade de diminuir a distância para o G-4, após tropeço do Vasco perante o CSA. De quebra, os pernambucanos viram o Valente de Tombos chegar aos 36 pontos e ultrapassá-los na tabela.

O Sport que o torcedor viu em Muriaé foi bem diferente daquele que goleou o CSA. Não na escalação. Essa foi a mesma do sábado passado. Mas, sim, na postura em campo. Apesar de ter mais a bola que o adversário, o Rubro-negro não conseguia gerar espaços para penetrar no setor defensivo do Tombense. Bem postada, a equipe mineira não viu o goleiro Felipe Alves fazer nenhuma intervenção difícil nos 45 minutos iniciais. De quebra, observou Everton Galdino acertar chute de rara felicidade para abrir o placar, aos 18 jogados.

Após cobrança de lateral feita por Sander, Naressi dormiu no ponto e viu o jogador do clube mineiro ficar com a bola. Atento, Galdino viu Saulo adiantado e chutou forte, de cobertura, para vencer Saulo e fazer 1×0.

No intervalo, o técnico Claudinei Oliveira tentou ajustar o time na base da conversa e voltou para o segundo tempo sem modificações. No entanto, tirando uma finalização de Vagner Love, aos 8, o Leão seguia inoperante no setor ofensivo. Incomodado com a falta de criatividade, o treinador leonino optou por modificar todo o ataque. Entre as alterações, promoveu a estreia do uruguaio Facundo Labandeira, mas que pouco pôde contribuir para qualquer reação pernambucana na partida.

Ficha do jogo

Tombense 1

Felipe Garcia; Diego Ferreira, Ednei, Roger Carvalho e Manoel; Guilherme Reno, Zé Ricardo (Bruno Mota), Matheus Frizzo (Nenê Bonilha), Jean Lucas (Kleiton) e Everton Galdino (Renatinho); Ciel (Igor). Técnico: Bruno Pivetti.

Sport 0
Saulo; Ewerthon (Eduardo), Fábio Alemão, Sabino e Sander; Fabinho, Naressi e Giovanni (Wanderson); Kayke (Gustavo Coutinho), Juba (Labandeira) e Vagner Love (Thiago Lopes). Técnico: Claudinei Oliveira.

Estádio: Soares de Azevedo (Muriaé/MG)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Lorival Candido das Flores e Vinícius Melo de Lima (ambos do RN)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Gols: Everton Galdino, aos 18′ do 1T (TOM)
Cartões amarelos: Everton Galdino, Nenê Bonilha, Ciel, Igor (TOM); Fabinho, Fábio Alemão (SPT)

Governo do Estado capacita operadores de medidas socioeducativas em meio aberto

19/08/22I

Imprensa Des. Social PE
blogfolhadoseertao.com.br

 

Objetivo foi fortalecer o uso do Sipia/Sinase, sistema que integra informações sobre adolescentes que cumprem liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade

Miniatura do anexo

 

 A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco promoveu, nesta quinta-feira (18), uma formação voltada a operadores dos programas e serviços de atendimento às medidas socioeducativas em meio aberto. O objetivo foi capacitar esses profissionais para a utilização do Sipia/Sinase, sistema que integra informações de uma base de dados única sobre o cumprimento da liberdade assistida ou da prestação de serviços à comunidade por adolescentes em conflito com a lei.

A capacitação, realizada em período integral no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), no Recife, contou com a participação de profissionais que atuam em 13 municípios da Região Metropolitana e da Mata Norte: Buenos Aires, Jaboatão dos Guararapes, Tracunhaém, Itamaracá, Condado, Cabo de Santo Agostinho, Lagoa de Itaenga, Goiana, Timbaúba, Itaquitinga, Glória do Goitá, Vicência e  Aliança.

De acordo com a superintendente de Gestão do Sistema Socioeducativo da SDSCJ, Suelly Cysneiros, iniciativas como essas são fundamentais para o fortalecimento das medidas socioeducativas em meio aberto. “Em muitos municípios, temos como desafio a criação e o fortalecimento da rede de programas, serviços e equipamentos para os adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto: liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade. No primeiro momento, a formação focou em esclarecer sobre a metodologia de trabalho no atendimento a esse público”, explicou.

Imagens: Divulgação

Em Minas, Lula promete nova independência do Brasil, com ‘dignidade e respeito ao povo’

19/08/22

Por 247

blogfolhadoseretao.com.br

Segurança alimentar: Danilo afirma que proteção social será prioridade no seu governo

18/08/22

blogfolhadosertao.com.br

 


Candidato a governador de Pernambuco pela Frente Popular, Danilo Cabral (foto – PSB) visitou, nesta terça-feira (17), a exitosa iniciativa desenvolvida pelo programa municipal Recife Acolhe e que pretende replicar nos municípios pernambucanos. O socialista visitou as instalações do Restaurante Popular Naíde Teodósio, situado no bairro de Santo Amaro, e
garantiu que a proteção social será prioridade em seu governo.

Danilo assumiu o compromisso de criar o programa Comida na Mesa, uma ação que envolverá diversas áreas do governo para criação de uma rede de proteção social. Entre as ações da iniciativa, está a instalação de cozinhas comunitárias e restaurantes populares, como o do Recife.

“Nós vamos instalar aqui em Pernambuco a maior rede de proteção de segurança alimentar do Nordeste, fazendo chegar a todas as cidades equipamentos de cozinhas comunitárias. Nas 15 maiores cidades pernambucanas, vamos fazer chegar restaurantes populares, que irão servir, diariamente, mais de 50 mil refeições para que as pessoas em situação de vulnerabilidade tenham o direito de se alimentar”, garantiu Danilo.

O Restaurante Popular Naíde Teodósio integra o programa Recife Acolhe. O equipamento foi reinaugurado pelo prefeito João Campos, em 2021, e atende moradores em situação de rua e insegurança alimentar. Juntamente com o Restaurante Popular Josué de Castro, localizado no bairro de Santo Antônio, são fornecidas, diariamente, 1,7 mil alimentações, sendo 1,5 mil almoços e 200 jantares. Todos os cardápios e alimentos são produzidos sob a supervisão de uma equipe de nutricionistas. Desde o início das atividades, em 2019, os dois restaurantes recifenses já serviram, aproximadamente, 700 mil refeições à população mais vulnerável.

DESCENTRALIZAÇÃO DO CEASA – Além de interiorizar o projeto de restaurantes populares e de cozinhas comunitárias, Danilo Cabral reforçou a proposta de descentralizar o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), fazendo chegar as 12 regiões administrativas de Pernambuco. O objetivo, de acordo com o candidato, é baratear o preço dos alimentos, tornando-os mais acessíveis às camadas mais vulneráveis.

O candidato também antecipou que, em sua gestão, o Governo do Estado celebrará parcerias com os municípios visando fortalecer o Sistema Único de Assistência Social (SUAS), estruturar os Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), os Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e os centros de atendimento à população de rua. Vale lembrar que Danilo é presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS.

“Infelizmente, no governo do presidente Bolsonaro, o Brasil voltou a fazer parte do Mapa da Fome. Diariamente, 40 milhões de brasileiros não têm acesso à alimentação. São milhares de pernambucanos que estão em situação de vulnerabilidade, que precisam de dignidade. Isso será uma prioridade em nosso governo”, afirmou Danilo.

STF libera precatórios do Fundef para governo do Estado pagar professores

18/08/22

Por Margarida Azevedo

blogfolhadosertao.com.br

 

Presidente do STF, ministro Luiz Fux, autorizou que dinheiro do precatório do Fundef devido ao governo de Pernambuco seja transferido para a conta criada pelo Estado

Divulgação
Do total que a União deve ao Estado, 60% serão repassados aos professores – FOTO: Divulgação

Agora é oficial: na tarde desta quarta-feira (17), o presidente do STF, ministro Luiz Fux, autorizou que o dinheiro do precatório do Fundef que o governo de Pernambuco tem direito seja transferido para a conta criada pelo Estado.

“Tendo os autos sido encaminhados à Presidência do Supremo Tribunal Federal com esta finalidade, determinei a expedição do precatório, referente à parcela incontroversa (doc. 78)”, diz o ministro no texto do despacho.

“Em 13 de julho de 2022, foi efetivado o depósito referente a 40% do valor do precatório expedido, na forma autorizada pelo art. 4º da EC 114/2021 (doc. 103). A União, ademais, concordou com o levantamento do montante em questão (108)”, complementou.

PRÓXIMO PASSO PARA LIBERAR PRECATÓRIO DO FUNDEF

O passo seguinte, agora, é sair um ofício do STF para a Caixa Econômica Federal. Quando a Caixa receber, deverá cumprir a ordem de passagem do recurso da conta judicial para a conta específica do governo de Pernambuco, conforme explica a procuradora-geral adjunta do Estado, Giovana Ferreira.

“Não há prazo para o STF expedir o ofício, mas já estamos no nosso plantão lá para buscar essa expedição”, afirma a procuradora.

A previsão do governo estadual é realizar o depósito bancário para os profissionais até 48h depois que a verba estiver na conta do Estado.

Da primeira parcela da dívida, no valor de R$ 1,7 bilhão, R$ 1 bilhão e 55 milhões serão divididos este ano entre 52 mil profissionais da rede estadual.

COMO SERÁ O PAGAMENTO DO ABONO DO FUNDEF

O pagamento será de formas diferentes para cada grupo de beneficiários:

* Para os profissionais do magistério (Ativos ou Aposentados) com vínculo com qualquer órgão do Poder Executivo Estadual, o pagamento será efetivado diretamente na folha de pagamento do servidor, não sendo necessário requerimento

* Para os profissionais do magistério que não possuam mais vínculo com o Poder Executivo Estadual, o valor do benefício estará disponível em qualquer agência do Bradesco, em cronograma a ser divulgado pela Secretaria de Educação e Esportes no portal www.precatoriosfundef.educacao.pe.gov.br

* Para os herdeiros dos profissionais do magistério beneficiados que tenham falecido, o abono será transferido para a conta bancária indicada em alvará judicial no montante correspondente à parte de cada herdeiro, sendo necessária a realização de requerimento junto à Secretaria de Educação e Esportes do Estado

Show de João Gomes reúne uma multidão no Marco Zero do Recife

18/08/22
Por Edi Souza
blogfolhadoseertao.com.br
O artista sertanejo de Serrita  contou com convidados especiais, como Fagner e Vanessa da Mata
Uma multidão ocupou o Bairro do Recife, no final da tarde de ontem, para a gravação do DVD “Acredite” do cantor João Gomes. O palco em 360 graus, montado no Marco Zero, recebeu fãs de todas as partes, que desde cedo aguardavam o início do show. Sob olhares atentos e bastante ansiedade do público, o cantor pernambucano, de apenas 20 anos, natural de Serrita, surgiu ao lado do palco de dentro de uma casa de taipa, cantando a música “Verso”.
Trajetória contada

A estrutura com paredes e telha de barro chamou atenção desde o início da apresentação. Por lá, cactos e móveis típicos do Sertão traziam ainda mais realidade ao espaço, lembrando a moradia do cantor na infância. Ele seguiu a apresentação com as canções “Dengo”, “Talvez”, “Pode Maltratar” e “Mundo inteiro”, para delírio do público.

Na área do frontstage, familiares acompanhavam tudo. A mãe do cantor, Karla Jordânia Gomes, 40, lembrou que o primeiro cachê do filho foi de mil reais, no Interior do Estado, em uma festa com 50 pessoas. “E ele disse ‘mãe, olha como eu tô feliz. E me perguntou se eu precisa de alguma coisa, lembrou ela agradecendo essa trajetória aos fãs. A Vovó Josilene, por parte de pai’ estava orgulhosa com o neto. “Está muito bonita essa gravação. Já fui para um show com ele em São  Paulo, mas aqui estou mais emocionada.

A ideia do DVD é reproduzir a história do cantor, começando por Serrita, no Sertão pernambucano, e passando por Petrolina.

O projeto do palco cumpriu a missão de ter proporções gigantescas e detalhes poucas vezes vistas no Bairro do Recife. Leia-se 30 metros de frente, com uma passarela de 26 metros, e mais 24 metros na lateral, por onde João Gomes se movimentou entre sua banda, sanfoneiro e o público eufórico. Os elementos sertanejos estavam por todas as partes, a exemplo da passarela em formato de cacto.

Participações especiais

Desde que anunciou a gravação de “Acredite” no Recife, João Gomes aguçou a expectativa dos fãs pela presença de artistas convidados. O primeiro a subir no palco foi o cearense Raimundo Fagner. Eles cantaram “Deslizes” e “Borbulhas de amor”. “O sucesso é muito merecido. Obrigado a você”, disse Fagner. “E ele dança um piseiro bom arretado, só não quis mostrar a vocês”, brincou João Gomes.

A segunda parceria foi com a cantora Yara Tchê, seguida por Vanessa da Mata, cantando os sucessos “você e eu” e “Amado”. Também era bastante aguardado o repper L7nnon, interprete de “ai, preto”, que precisou repetir sua apresentação por invasão de fã no palco. Aliás, a chuva e o assédio dos fãs atrasaram as gravações. Tarcisio do Acordeon, um dos primeiros parceiros de JG, também compareceu e se emaciou. “Só eu sei o que esse cara passou na vida dele. E é dificil cantar com vontade de chorar”, falou. Ainda, o cantor Victor Fernandes, completou o time dos artistas anunciados.

Grandes proporções 

Tamanha popularidade é recente, conquistada a partir dos dois discos lançados – o de estreia “Eu Tenho a Senha” (2021) e “Digo ou não Digo” (2022), que ressaltam bem o gênero pisadinha. Sucesso também nas redes sociais e plataformas de streaming.  São quase sete milhões de ouvintes no Spotify, e o único brasileiro no TOP 50 da plataforma em 2021.

Maciel Melo grava vídeo de apoio à reeleição de Gonzaga Patriota

18/08/22

blogfolhadosertao.com.br

 

O cantor e compositor sertanejo, Maciel Melo  (foto)  declarou apoio ao projeto de reeleição do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB).  O artista gravou um vídeo destacando a amizade e o trabalho que o parlamentar tem feito para o Nordeste.

“Estou aqui com meu querido amigo e camarada, deputado federal Gonzaga Patriota. Meu amigo de longas datas que tanto fez e tanto faz pelo Nordeste, pelo Sertão. Merece nosso carinho, nosso respeito e o nosso voto. Gonzaga é meu e é de todos nós!”, disse Maciel Melo.

Cabeça boa: Pernambucano de 12 anos ganha certificado da Nasa após descobrir dois asteroides

17/08/22

Por Letícia Freitas

blogfolhadosertao.com.br

 

Jovem  de Carpina conta que descobriu os asteroides após quatro meses de pesquisa e diz já ter planos para continuar os estudos em astronomia
Raul Ayres, diz que pretende iniciar no próximo mês outra pesquisa de caça asteroides, também da Nasa
Um jovem pernambucano de 12 anos ganhou um certificado da agência americana de aeronáutica e espaço, a Nasa, após descobrir dois asteroides. Raul Ayres, que mora em Carpina, Zona da Mata de Pernambuco, conta que descobriu os dois asteroides após cerca de quatro meses de pesquisa e afirmou já ter planos para uma nova campanha de pesquisas em astronomia. 

Os asteroides identificados por Raul ficam em Marte e Júpiter, numa área chamada Cinturão de Asteroides. O jovem contou que sempre teve vontade de estudar astronomia, até que um dia teve a oportunidade.

“Eu sempre tive vontade de pesquisar ciência, de fazer alguma pesquisa sobre ciência, só que eu nunca tive a oportunidade”.

Raul descobriu o programa International Astronomical Search Collaboration (IASC) em seu feed no Instagram.  O programa é parceiro da Nasa em uma colaboração internacional de pesquisa astronômica e responsável por atrair voluntários de diferentes partes do mundo.

“Eu estava na rede social quando vi um post falando que iria começar uma nova campanha da Nasa, que é a caça de asteroides. Daí, eu cliquei no post para saber mais sobre esse assunto”, relatou o jovem.

Ele contou que se inscreveu no site do IASC para a campanha de “caça asteroides”, no segundo semestre de 2021, e que recebeu a confirmação por e-mail de que estava participando. Raul Ayres passou a ter acesso ao software astrometrica, com sinais de um megatelescópio da Nasa no Havaí, por indicação do próprio programa.

Pesquisando em casa, usando o computador do pai, Raul começou sua pesquisa em janeiro deste ano e levou cerca de quatro meses para descobrir os asteroides que lhe renderam a premiação.

“A gente pode pesquisar a hora que quiser. Daí, quando acreditar que achou os asteroides, se faz um relatório sobre objeto encontrado e envia para eles”, disse.

Após descobrir os asteroides, Raul enviou nesse relatório encaminhado para a Nasa dados dos achados, como tamanho, localização, velocidade e magnitude.

O estudante contou que o contato acontecia por e-mail, através dos documentos de pesquisa que eram enviados para que ele respondesse.

Ansioso pelo resultado, que só saiu alguns dias após o envio do relatório e análise de especialistas,  Raul contou que ficou muito feliz com a descoberta e em ter podido colaborar com a ciência.

Quando perguntado sobre se já tinha feito algum teste para para avaliar seu QI., Raul respondeu: “Eu já tive vontade de fazer um tete de QI, mas eu nunca fiz.”

Na escola, foi motivo de orgulho e tem recebido muitos parabéns pela descoberta. Após o feito, o jovem já tem planos para dar continuidade aos estudos na área. Disse que no próximo mês começará outra pesquisa de caça asteroides, também da Nasa e que pretende continuar estudando astronomia.